TEND ALERTA! Colete de pele “fake”

Olá meninas!

Sei que as mais antenadas já perceberam que o colete de pele artificial tem ganhado as ruas e vitrines das nossas cidades. Com a chegada do outono/inverno estes coletes tem feito o maior sucesso, invadindo com força total o guarda-roupas das brasileira… tá, tudo bem, eu sei que não temos temperaturas tão baixas por aqui!!!
Mas está é uma peça que pode ser utilizada não só em composições pesadas, ela vai muito bem na meia estação também, sobre peças mais leves, adaptando-se perfeitamente ao nosso clima… e vamos combinar? Eles deixam o look super charmoso!!!
Vejam:
Se depois destas imagens você ficou desejando ter um, mas ainda não sabe como combinar, não se preocupe… não tem grandes segredos!!!
Eles super combinam com praticamente tudo; camisas, jeans, leggings, saias, vestidos mais justos. O único cuidado que temos que ter é que esta é uma peça volumosa, então é necessário cautela nas combinações.
  • 1- Opte por materiais sintéticos mais maleáveis, eles apresentam melhor caimento no corpo.
  • 2- Cores neutras são mais fáceis de se harmonizar com o restante do look.
  • 3- Coletes compridos alongam a silhueta.
  • 4- Esta é uma ótima peças para se brincar com o estilho Hi-lo, considerado como “luxuoso” o colete pode ser misturado a peças mais básicas, evidenciando ainda mais o seu estilo.
  • 5- Recomenda-se que o colete seja o destaque do look, portanto escolha peças que não “briguem” com ele.

Com diversos tamanhos, modelos, texturas e estampas, opções é o que não faltam para você se jogar nesta tendência, que serve para incrementar até os looks mais básicos.
E ai, gostaram?  
Paula de Oliveira Escrito por Paula de Oliveira
Categoria:

Comentários

  1. Carolina Teixeira 4 de julho de 2014 at 01:42

    Cada modelo lindo, adorei!
    Por aqui ainda não vi pra vender nas lojas, só pela internet mesmo!
    http://www.annacaarol.blogspot.com.br/

  2. Achadinhos da Paty 5 de julho de 2014 at 08:29

    Acho que estes coletes dão um charme a mais na produção. Pena eu não ter encontrado um pelo qual eu me apaixonasse…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *