SALÃO SOLIDÁRIO – Cabeleireiros contra AIDS

O Salão Solidário promete repetir o sucesso dos últimos anos. Em 1º
de dezembro, Dia Internacional da Luta
contra AIDS
, salões parceiros de L`Oréal
em todo o Brasil vão participar da ação da Campanha Cabeleireiros contra AIDS. Os profissionais doarão seu tempo e
talento durante este dia, fazendo cortes a preços especiais. Toda a renda arrecadada
com o serviço será revertida para a Sociedade
Viva Cazuza
, que cuida de crianças portadoras do vírus HIV/Aids. A campanha
invade também as redes sociais, convidando seus seguidores a divulgar a ação em
salões próximos e postar mensagens sobre a prevenção à
doença usando a hashtag #CorteContraiAds
e #CutAidsShort.
Além desta hashtag, a campanha faz um novo alerta: “A Aids ainda está aqui. Vamos cortá-la.”
Em
2016, a campanha contará com o apoio das celebridades: Bel Wilker, Daniel
Rocha, Fernanda Keulla, Felipe Roque, Pâmela Tomé, Raphael Sander e Renata
Kuerten. Todos eles doaram seu tempo e talento para o vídeo de Cabeleireiros
Contra Aids.
A cada ano, Cabeleireiros contra AIDS vem engajando mais
profissionais e aumentando a arrecadação. Em 2014, a campanha arrecadou R$60
mil em um dia. Mais de 60 salões de Norte a Sul do Brasil participaram do Salão
Solidário, totalizando cinco mil cortes, com o trabalho de 700 cabeleireiros. Em
2015, foram arrecadados R$ 91 mil com o engajamento de 822 profissionais. Nesse
ano, além dos salões, as Academias L`Oréal no Rio de Janeiro e em São Paulo vão
promover ações nos mesmos moldes do Salão Solidário. Na capital paulista, a
ação acontece no próximo dia 30 de novembro e no Rio, em 1º de dezembro.
Campanha do bem
Em parceria com a
UNESCO, L’Oréal vem atuando na
conscientização sobre a prevenção do HIV entre os cabeleireiros através da
campanha mundial Cabeleireiros Contra Aids. O objetivo do programa é oferecer
aos profissionais de beleza informações de qualidade, cientificamente
comprovadas, para o entendimento
prático sobre a Aids. Desse modo, eles se tornam aptos a alertar seus clientes
quanto aos riscos da doença e à maneira de se proteger contra ela.
O Programa de
Educação Preventiva Contra a Aids começou em 2001 na África do Sul. Mas foi
lançado mundialmente em 2005, com a assinatura, em Paris, de um acordo entre a
presidência da L’Oréal Divisão de Produtos Profissionais e a UNESCO. O Brasil
foi um dos primeiros países a aderir à campanha, em 2006, tendo o apoio do
Ministério da Saúde, por meio do Departamento de DST/Aids e Hepatites Virais.
Essa escolha foi fruto do reconhecimento mundial conquistado pelo Brasil,
apontado como uma das nações que desenvolve os melhores programas de tratamento
e prevenção contra a Aids. O programa de Educação Preventiva Cabeleireiros
contra Aids já chegou a quase 1,5 milhão de pessoas por meio de cursos,
treinamentos, participação em feiras e ações diversas. No site
www.cabeleireiroscontraaids.com.br, o profissional de beleza, seja dono do
salão ou cabeleireiro, recebe gratuitamente materiais de divulgação: banners
para decorar o salão, brochuras informativas para seus clientes, broches e ímãs
com perguntas e respostas sobre a doença.
Em BH teremos os seguintes salões participando:
  • LM Studio Matriz – 01/12 – cortes por R$180,00
  • Unidade conceito de beleza LM Studio – 01/12 – cortes por R$85,00
  • Instituto L’Oréal Belo Horizonte – 01/12 – cortes por R$19,00 feminino e R$12,00 masculino.
  • Studio Alailton Ferreira – 05/12 – cortes por R$50,00
 
Sociedade Viva Cazuza
Fundada em 1990 em memória do cantor e compositor
Cazuza, a sociedade beneficente acolhe crianças
e adolescentes carentes portadoras do vírus da AIDS e ajuda pacientes
soropositivos. A entidade divulga ainda informações sobre HIV/AIDS e esclarece
as dúvidas dos profissionais de saúde e leigos.
Paula de Oliveira Escrito por Paula de Oliveira
Categoria:

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *